2 de nov de 2009

"Argentinês"

Por mais que a gente estude algum idioma antes de viajar pra outro lugar, nada nos ensina mais que a convivência com os nativos do lugar, assim passou comigo aqui em Buenos Aires. Estudei um ano em POA antes de vir mas sei que meu vocabulário e pronúncia melhoraram muito desde que cheguei. Mas o mais legal são as palavras específicas que só os argentinos e algumas que só os portenhos falam. Algumas delas que me identifico mais até já incorporei nas minhas falas, inclusive quando falo em português, o que deixa meus amigos e família um pouco confusos.
Algumas palavras clássicas daqui são o "boludo" ou "pelotudo", também usado no feminino ainda que seja menos comum. Quer dizer idiota, bobo, mas dependendo do contexto e da maneira que dizem também pode ser usado por amigos, nesse caso algo parecido com "cara". (Ex: Boludo, vamos a la cancha? Cara, vamos ao campo de futebol? Hahahah.) Eu na maioria das vezes que uso é pra xingar mesmo, tipo: "que cara boludo!!!! "
Otra expressão que gosto muito e também uso direto é o "buena onda", algo do tipo "gente boa". Se diz de pessoas mas também pode ser usado pra lugares que sejam divertidos, algo assim. Além disso eles usam muito o "re" na frente das palavras pra intensificar, em bom gauchês seria o nosso "TRI". Re bueno, re lindo e por aí vai. Deixo aqui outras palavras que acho legais no dicionário portenho:

  • Piola: espero, prático


  • Pibe, piba: guri ou guria


  • Mina: guria


  • Bajón: má notícia

Muitas dessas expressões vem do Lunfardo, espécia de dicionário de gírias, que foi sendo modificado ao longo do tempo e cujas palavras foram muito utilizadas nas canções de tango. Deixo aqui uma página pra quem quiser aprender um pouco mais dessa linguagem argentina: www.mibsasquerido.com.ar/Tango3.htm





Um comentário: